O Gridlock do Conselho de Segurança bloqueia uma resposta eficaz ao Coronavirus: Coronavirus Live Updates: NPR

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, diz que “não havia unidade em todo o mundo na estratégia de combater a pandemia”.

Ludovic Marin / AFP via Getty Images


ocultar legenda

alternar legenda

Ludovic Marin / AFP via Getty Images

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, diz que “não havia unidade em todo o mundo na estratégia de combater a pandemia”.

Ludovic Marin / AFP via Getty Images

A pandemia de coronavírus estabeleceu um novo recorde neste fim de semana: mais de 136.000 novos casos em todo o mundo foram registrados no domingo, o número mais alto em um único dia.

A estatística vem das Nações Unidas, o corpo global para o qual o mundo frequentemente se volta em uma crise.

“Se a pandemia representa algo, é uma demonstração de nossa fragilidade. Algo que você só pode ver em um microscópio nos pôs de joelhos”, disse o secretário-geral da ONU, António Guterres, durante entrevista a Todas as coisas consideradas. “E essa humildade deve nos levar à solidariedade e unidade.”

Em vez disso, ele diz, não havia unidade na estratégia de combater a pandemia. “Cada país seguiu o seu caminho, com o epicentro mudando de país para país”.

A ONU pode distribuir ajuda e ajudar os governos a moldar suas respostas ao coronavírus. Mas tem ferramentas limitadas para forçar um país a, digamos, seguir as diretrizes da Organização Mundial de Saúde, uma agência da ONU.

E o impasse no Conselho de Segurança da ONU – que pode aprovar resoluções aplicáveis ​​- impediu qualquer ação real.

Isso frustra Guterres.

“Vemos que a relação muito disfuncional que existe hoje entre os Estados Unidos-China, Estados Unidos-Rússia, torna praticamente impossível para o Conselho de Segurança tomar qualquer decisão significativa que seja fundamental” para combater o COVID-19 de maneira eficaz, disse ele. .

Leia Também  A solidão não aumentou apesar da pandemia, constatam pesquisas. O que ajudou? : Tiros
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Aqui estão trechos da entrevista.

Você diz que não há uma resposta internacional coordenada. Você acha que isso mostra que o sistema está quebrado demais para ser útil?

A questão é que temos multilateralismo, mas o multilateralismo que temos não tem dentes. Precisamos de mecanismos de cooperação, com mecanismos de governança, que simplesmente não existem. E mesmo onde temos alguns dentes no sistema multilateral, como é o caso do Conselho de Segurança, ele mostrou pouco apetite para morder.

Portanto, acredito que, quando olhamos para o futuro – e estamos no 75º aniversário das Nações Unidas, na hora de pensar no futuro – precisamos fortalecer as instituições multilaterais e fornecer a eles os instrumentos para garantir que um uma governança global eficaz é capaz de trabalhar e enfrentar os desafios dramáticos que estamos enfrentando.

O presidente Trump anunciou que os EUA sairão da Organização Mundial da Saúde. Você acredita que os EUA estão renunciando ao seu papel de liderança no cenário mundial puxando para dentro?

O que eu acredito é que o papel dos EUA na comunidade internacional é essencial. Acredito que o mundo precisa de Estados Unidos engajados, que a liderança dos Estados Unidos seja absolutamente fundamental para ter uma ordem mundial em que os valores democráticos possam prevalecer, em que os direitos humanos possam prevalecer e em que a paz e a segurança possam ser garantidas pela cooperação internacional.

Em questões de autoridade moral, os EUA se representaram como uma força para a democracia e a liberdade de expressão em todo o mundo. Como você vê as reações do presidente aos protestos contra a brutalidade policial?

Antes de tudo, precisamos ser muito firmes na condenação absoluta do racismo em todas as suas expressões. É uma coisa abominável. É totalmente contra os valores da nossa humanidade comum. Segundo, é claro que temos queixas relacionadas ao racismo, queixas relacionadas às desigualdades, que essas queixas levam as populações a demonstrar, que essas manifestações são legítimas, que devem ser pacíficas.

Leia Também  Minimalismo Renovado | Os minimalistas

Mas também é muito importante que as autoridades mostrem contenção e não se tornem uma fonte de violência em relação à maneira como essas manifestações são tratadas.

Ouça a entrevista completa no link de áudio acima.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br
Rolar para cima